O cantinho de Sunny
 Foto de minhas amigas nos USA - minha irmã à direita. - Sunny Landrith
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios
Áudios

Pererecas perdidas
Data: 15/06/2008
Créditos:
Texto e voz de Sunny Lóra
"Pererecas perdidas" é um texto de humor.
Musica de fundo dos meus cd´s.


Pererecas perdidas

A Rose é aquela sobrinha querida, a minha primeira. Imita uma alemã perfeitamente e deu-se o nome de Gertrudes. Um dia desses levou a mãe ao médico em Vitória. No consultório havia um monte de gente. Ela, que não tá nem aí pra nada, entrou com o personagem que criou e faz tão bem.

- Minho mõe, cuanta chenti, cuanta festa. Nóis vumu ficá sentadu nesti lugá cheiu di chente nelvoso? Eu num me guento. Tá muitcho quenti. Tão mi isquentando até as parti dibaixo!

Todo mundo ficou em estado de choque. Minha irmã, coitada, não sabia onde enfiar a cara.

Pior foi quando Rose resolveu mudar e ser ela mesma.Bem alto, continuando a sua diversão interior, que é passar alegria a todos à sua volta, agora falando com a sofisticação de uma figura lindíssima, loura e inteligente, a mulher excutiva que vive entre a natureza do Museu de Mello Leitão, em Santa Teresa-ES, minha terra.

- Mãe, você acha que as pererecas que eu fiz de tatuagem na parte de trás do meu belo corpo já secaram direitinho? Agora tenho quatro pererecas, já pensou? 

Todo mundo ficou em silêncio. Só a Rose ria, a valer, por dentro.



Ilustração :

Foto da perna da Rose, onde uma nova tatuagem entrou, desde dezembro do ano passado. Ah, as pererecas ainda estão lá, lindinhas. Juro que eu vi!



Enviado por Sunny L (Sonia Sancio Landrith) em 19/04/2007



Comentários